add-apt-repository – gerenciamento de repositórios de programas

O termo PPA significa Personal Package Archives, que são repositórios de programas que não fazem parte da distribuição oficial. Por meio dos PPAs pode-se distribuir softwares e atualizações diretamente para os usuários. Basta criar o pacote, fazer o upload e o Launchpad irá criar os arquivos binários e hospedá-los em seu próprio repositório apt. Desta forma, usuários de sistemas Ubuntu e derivados podem instalar seus próprios pacotes da mesma forma que instalam pacotes padrão do sistema.

O comando add-apt-repository é um script que atualiza o arquivo/etc/apt/sources.list ou /etc/apt/sources.list.d acrescentando ou removendo endereços.

Vários softwares interessantes são distribuídos desta forma. O comando add-apt-repository simplifica o processo de atualização da relação de repositórios de software.

Por exemplo, o programa Gimp é um programa livre e gratuito utilizado para manipulação de imagens. Embora faça parte da distribuição padrão de muitas distribuições GNU/Linux, ao fazer a instalação diretamente de sua PPA, você tem acesso mais rápido a atualizações e novos recursos. Para instalar a PPA do Gimp digite:

  sudo add-apt-repository ppa:otto-kesselgulasch/gimp

Em seguida:

  sudo apt-get update
  sudo apt-get install gimp

O pacote add-apt-repository pode ser instalado, em sistemas Ubuntu, com o comando:

  sudo apt-get install software-properties-common 

Em sistemas Linuxmint, o script pertence a outro pacote chamado mintsources.

Colaboração: Rubens Queiroz de Almeida

Fonte: http://www.dicas-l.com.br/arquivo/add-apt-repository_gerenciamento_de_repositorios_de_programas.php

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *